19
setembro
2013

Será que o glúten é tão malvado mesmo?

Postado por Ana em Corpo, Dieta

Esta moda de “ser saudável” que está tendo mundo afora é a melhor que já vi. Bem melhor do que cigarro entrar em moda igual nos anos 50, bem mais útil do que a moda dos sneakers, concordam? Várias pessoas estão aderindo a um estilo de vida saudável, fazendo exercício físico, se alimentando melhor … ótimo! Eu mesma aderi um pouco e estou super feliz assim ! Mas como nem tudo é perfeito, vários modismos nonsense aparecem. Não quer dizer que não fazem sentido sempre, sabe? Mas vai virando aquela lavagem cerebral: fulana repete o que fulana viu que fulana comprou e postou no instagram. Então… pensem! Pesquisem! Consultem profissionais BONS. Porque o que tem de doutor-marketing por aí … vixi!

gluten3

Sao inúmeros, inúmeros suplementos pipocando a cada dia. Tem gente por aí que toma mais comprimido e suplementos do que se alimenta. Sendo que, na maioria das vezes e na maioria dos casos, uma alimentação adequada irá suprir suas necessidades. E é SEMPRE melhor adquirir os nutrientes que você precisa através de alimentos. E, para a maioria das pessoas (não disse todas), aquele tanto de Whey, BCAA, L-carnitina, Centrum e blablabla serão apenas dinheiro jogado no lixo. Os trendsetters agradecem, porque é uma indústria que movimenta MUITO dinheiro. Nunca duvidem do poder da indústria em comprar idéias por aí …

Uma das modas agora é fazer dietas sem lactose e/ou sem glúten. Em relação à lactose, eu concordo que grande parte das pessoas têm algum grau de intolerância (postei sobre isso aqui), pode ter a digestão mais difícil, empachar, etc. Já em relação ao glúten: êta proteína injustiçada.

gluten1

O glúten é uma proteína encontrada em grande parte dos alimentos que consumimos, porque está presente no trigo, na aveia, na cevada. Existe uma doença, chamada Doença Celíaca, na qual há uma hiperssensibilidade a esta proteína. Atenção: o problema não é que a pessoa não consegue digerir o glúten. O problema é a reação: o intestino fica bem inflamado e diminui sua capacidade de absorção de outros nutrientes. Pessoas com doença celíaca devem abolir totalmente o glúten de sua dieta. Os sintomas da doença são muitos, mas podem permanecer frustros por muitos anos. E quanto mais rápido descobrir, melhor, já que neste caso, o contato com a proteína do glúten aumenta muito a chance de desenvolver câncer de intestino. Se seu médico desconfiar, ele vai pedir uma triagem de anticorpos (só um exame de sangue). Se alterado, outros exames serão necessários. Como boa hipocondríaca já fiz minha triagem há uns anos, pra ficar bem tranquila neste quesito.

Para quem não tem esta hiperssensibilidade, o consumo de glúten não causará mal algum ao organismo. Pelo menos ninguém nunca provou isso. É como você parar de comer amendoim porque existem outras pessoas com alergia a amendoim.

Em relação ao emagrecimento e bem-estar nessas dietas anti-glúten, não é necessariamente pela falta de glúten em si, mas porque os alimentos farinhentos gordinhos que o contém deixarão de ser consumidos (ver artigo). E, sinceramente, se você tem força de vontade para escapar do tanto de alimento com glúten, você vai ter força de vontade para um monte de coisa, né? A ingestão mais controlada de carboidratos e gorduras, isso sim causa um bem-estar maior. Mas não esqueçam que existem alimentos sem glúten tão calóricos quanto os com…

gluten2

O lado bom desta moda anti-glúten é que cada vez mais opções de alimentos estão surgindo para os celíacos, que eram bem esquecidos pela indústria. O lado ruim desta moda é criar neura na cabeça das pessoas, que ficam se sentindo “culpadinhas” por comerem alimento que o contém, já que a amiga falou que ela tá fazendo um “detox mara” de glúten.

A intolerância não-celíaca ao glúten (artigo aqui) é um conceito meio novo, e diz respeito a pessoas sem a doença celíaca e que, ainda assim, não se sentiriam bem após comer coisas com glúten. Este conceito, na verdade, se direciona principalmente a pessoas com outras condições de saúde: síndrome do intestino irritável, enteropatia por HIV, diabetes, artrite reumatóide, etc. Neste caso, o exame de sangue é normal, a biópsia intestinal é normal. Especialistas acreditam que isso é provavelmente por causa viés/fatores de confusão devido às próprias condições associadas (ver artigo). Achei um artigo vagabundinho falando que o glúten poderia piorar o quadro de pessoas com certo genótipo do intestino irritavel padrão-diarréia. Enfim… melhor preocupar com as radiações de telefone celular do que com isso. Mas claro, se você não come glúten e se sente bem assim, vá em frente! Só, por favor, não vire um desses catequizadores anti-glúten chatos que tenho visto por aí. Deixem-me ser feliz com meu glúten também, viu?

Desculpem se tiver ficado meio longo e complicado, mas com menos que isso eu não ia conseguir explicar meu ponto de vista.

Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  1. Camila 19/09/2013 às 20:48

    suspeitei desde o princípio.

  2. Lara 19/09/2013 às 21:42

    Aeee! Viva o glúten!!! Hehehe!

    • Ana 19/09/2013 às 22:50

      tô me sentindo a princesa Isabel.. kkkkk bj

  3. Ana Lu 19/09/2013 às 23:01

    Seu post ficou, como sempre, excelente. E prepare-se, pq eu cheguei com tudo na feedback! Mal posso esperar encontrá-la por lá! Beijos

    • Ana 19/09/2013 às 23:10

      Juraaaa? Q emoção!! Pra garantir, td domingo pontualmente as 9h kkk bj

  4. Ana Lu 19/09/2013 às 23:37

    Mentira!!! Até domingo? Vc tá demais hein.. vamos encontrar sim, bom q vc me passa umas dicas de marombeira pq eu sou out! haha Beijos

    • Ana 21/09/2013 às 07:07

      kkk as if :)

  5. Debora 23/09/2013 às 07:15

    Oi Ana, mais uma dieta maluca surgindo por ai?? Ai ai, mas pele menos tb acho legal essa moda de exercícios… Acho q correr no Brasil se tornou a última palavra no quesito moda…
    Mas quero aproveitar pra ter mostrar que agora existe uma igreja chamado Jesus é Lindo e Cheiroso!! Hahahaha!! Olha aqui -> http://jesuselindoecheiroso.blogspot.de/2013/04/logo-igreja-evangelica-jesus-e-lindo-e.html

    Beijos!

    • Ana 23/09/2013 às 11:34

      Poxa, vi seu email no meio do meu ambulatório e nao consegui parar de rir!!!! kkkkkkkkkkkk Vai ser a Igreja oficial do BLOG! Vou tentar uma parceria …. NOT! kkk bj

  6. Kaka Gualberto 24/09/2013 às 16:47

    Vc falou tudo: quer viver de luz, viva, mas não me enche o saco! kkkkkkk

    Beijos!

  7. Laura 29/09/2013 às 22:52

    Texto excelente! Essa moda dá uma preguiça.
    #amogluten

  8. Flávia 11/10/2013 às 11:16

    Oi Ana, gostaria que você postasse sobre o uso de shake substituindo a refeição… eu costumo substituir o almoço pelo shake quando sei que a noite terei alguma festinha e comerei mais do que o normal. Em geral acabo consumindo o shake da herbalife 3 ou 4 vezes por semana e nas demais refeições como normalmente, assim consigo manter o peso. O que você acha sobre isso? Bjos

    • Ana 17/10/2013 às 12:47

      oi flávia! isso é complicado, nao acho que shake seja necessariamente um vilão, desde que no fim do dia você tenha obtido todos os nutrientes que seu corpo precisa! Tem que ir na nutricionista e colocar tudo oq vc come no papel pra ver se tá adequado ou nao! bjim

  9. Natália 16/05/2014 às 21:59

    Ana, adorei seu post!

    É isso mesmo, do nada começaram a demonizar o glúten, e ninguém se pergunta por que, simplesmente seguem por puro modismo!
    Até que enfim alguém que também reparou nisso e concorda comigo!

  10. Ingrid 20/10/2015 às 10:57

    O glúten faz mal à saúde sim, e há vários médicos e estudos falando sobre isso. O consumo do glúten está relacionado a diversas doenças, incluindo Alzheimer, doença de Parkinson, esquizofrenia, problemas na tireóide e a lista vai.
    Só pesquisar que você vai encontrar.
    Entendo que você não ligue de consumir glúten, mas daí a publicar que não há nada provado com relação aos danos à saúde mesmo para quem não é celíaco ou tem intolerância a glúten, é bem irresponsável.

    • Ana 20/10/2015 às 12:53

      Na minha opiniao irresponsavel eh espalhar a informaçao de que gluten faz mal a nao-celiacos. Nao foi provado nao viu? Insira aqui embaixo links de artigos serios, estudos multicentricos que provem o que vc esta falando. Nao vale entrevista com profissionais da area (cada um diz o que quer) nem reportagem da Globo, Revistas Claudia. Ainda que vc encontre, eu posto logo abaixo artigos de constatações contrárias. Nao esta nada PROVADO, ok? Vc precisa rever seu conceito do que é uma PROVA científica antes de chamar os outros de irresponsáveis. Isso porque estou partindo do pressuposto de que você é nutricionista ou médica. Aguardo os artigos!!