26
junho
2016

Paul, Aspargos e Brasil

Postado por Ana em Diário de uma expatriada newbie, Viagens da Ana

Porque tem que rolar uns posts-diarinhos de vez em quando, né?

Paul e o público blasé

paul

Há algumas semanas pude conhecer Düsseldorf, e a ocasião era especial: show do Paul McCartney. Eu devo ser uma beatlemaníaca de meia-tigela, pois só tinha ido a um show na vida, em Belo Horizonte. O show em BH, em 2013, foi uma das experiências mais maravilhosas da minha vida. Lembro que quando o Paul apareceu me deu até uma tonteira de emoção, achei que ia desmaiar kkkk! Mas era aquele esquema Brasilis, né? Chegar 3 horas antes, quase morri na fila e depois um espreme-espreme lá na frente. A experiência aqui foi BEM diferente, por um lado pior, por outro melhor. Eu convidei meu marido pra ir comigo, que não é lá muito fã de Beatles/Paul. Eu prometi que o Paul é um artista sensacional, que não tem quem vá e não morra de amores. Não deu outra, no dia seguinte tava ele ouvindo músicas do Paul no Youtube. Fomos só um final de semana e, por sorte, o tempo estava ótimo. Facílimo de ir ao estádio, chegamos rapidinho de bonde. Lá, tudo mega organizado, entramos direto. Mas, chegando lá, cadeirinhas marcadas, tipo escola. E, assim, lá na frente, tudo no mesmo nível, como eu eu ia fazer pra enxergar o Paul? Da próxima vez ficarei na arquibancada! Por sorte a alemã na minha frente não era tão grande. Começado o show, vi uma diferença gritante no público: além de beeeeem mais velho que no Brasil, o povo é tipo um QUINQUILHÃO de vezes menos empolgado. Tipo, tinha hora que eu ficava com dó do Paul. Nada de povo esgoelando junto, mil gritinhos, pulando, nada disso. Em algumas músicas o povo realmente SENTAVA. Quase não dançavam. Gente, coitado do Paul. Devem dar muita grana pra ele aceitar tocar aqui, viu? Mas enfim, maravilhoso como sempre!

Aspargos isso, aspargos aquilo

aspargos

Aqui é tudo bem definido. Tem época pra tudo! E quando surge a tal época, os alemães ficam quase meio com TOC com aquela coisa. É natal? Faça biscoitinhos! É época de colher tulipas nos campos? Vá colher tulipas nos campos. E, olha, não tem como não se deixar contaminar por esses estímulos. Com os aspargos, a coisa é meio gritante. Eles surgem na primavera e absolutamente TUDO começa a ser de aspargos. Os grandes letreiros dos restaurantes com os pratos especiais de aspargos! Todos te convidam pra comer aspargos! Aspargos, aspargos, aspargos! O mais incrível é que, pontualmente, no dia 24 de junho, os aspargos frescos somem das gôndolas, por motivos de colheita e blablabla. Sendo assim, como não querer aproveitar? Eu nem lembrava do gosto de aspargos, mas nessa estação comi o suficiente para saber que gosto mesmo é do verde. Agora estão só nas lembranças e na forma de dois litros de sopa que congelei!

Brasilsilsil

bh

Dessa vez fui rapidinho ao Brasil e o mais legal foi que nem minha família sabia. Se por um lado queria fazer uma surpresa pra eles, por outro achei que seria legal chegar uma vez sem mil programas marcados, sem expectativas, sem cobranças. Quem é expat sabe que agonia são essas visitas, por mais maravilhosas que sejam. Não dá pra fazer tudo o que queremos, não dá pra encontrar todo mundo que queremos e sempre fica alguma chateação. Dessa vez, pelo menos, consegui cancelar meu cartão de crédito. Mas não consegui fazer outras burocracias que queria! Infelizmente me ferrei e fiquei quase o tempo todo me sentindo mal, meio enjoada. Aliás, tem acontecido na últimas vezes que fui ao Brasil, de pegar zigziras, acho que meu corpo desacostumou. Mas antes de eu ficar zicada pude ir ao casamento de uma amiga na Igrejinha da Pampulha, o maior cartão postal de BH. Fiquei muito feliz de participar, só Deus sabe o tanto de casamento importante que perdi e perderei nesses anos. Fiquei com medo de não conseguir voltar pra casa, tamanho era o mal-estar (e a viagem não é mole, né). Mas consegui e cheguei aqui nem sabia mais em que fuso estava, acho que fiquei no meio termo. Mas me senti muito bem assim que pousei aqui, diz meu pai que minhas zigziras no Brasil são psicológicas porque sinto falta de cá. Será? Não é possível que atingi esse nível de maluquice. Detalhe para minha sobrinha na foto usando um vestidinho igual ao meu que levei de presente! <3 Pena que esqueci de tirar a foto de "par de jarro".

Beijos do Hochsommer!

17
junho
2016

Testei: Primer “Glow Enhancing” da Shiseido

Postado por Ana em Maquiagem

Tinha uma época em que eu era bem mais disciplinada com primer. Afinal, com minha pele oleosa, as maquiagens não tendem a durar muito. Só que eu usava muito o da MAC, aquele Prep&Prime, sabem?. E como eu estava numa fase de achar que “ah, é da MAC, só pode ser bom, né?” eu acabava insistindo nele. Só que ele era pesadíssimo pra minha pele, piorava a oleosidade e até me dava acne. Vai entender o porquê de eu ter insistido tanto nele. Depois já fui pro outro extremo, um primer maravilhoso, sequinho, perfeito…. Só um problema: é o Météorites Perles da Guerlain. E Guerlain, pelo menos pra mim, não é lá coisa pra usar/gastar muito frequentemente. Muito caro e esse ainda tinha uns brilhinhos, então usava pra festa mesmo. Acabei experimentando uns primers no Free Shop nessa última viagem e gostei desse “Glow Enhancing Primer” da Shiseido, que prometia na embalagem não ser oleoso, sequinho.

shiseido

Ele é perolado, mas beeeeem leve, dá pra usar no dia-a-dia. Apesar do nome “glow enhancer”, pra mim ele não deixou a pele brilhando, mas sim com mais viço mesmo.

Usei pra algumas saídas, festa de casamento, restaurante e até pra andar na cidade.. Pro trabalho eu realmente não uso, senão é muita gastação de maquiagem (uso só make BBB pra trabalhar!) Gente, estou amando esse! A make dura visivelmente mais, não me dá acne e não deixa a pele oleosa. Recomendo para quem tem a pele semelhante! Não lembro ao certo quanto paguei, mas foi cerca de 30 dólares.

primershiseido

Me contem seus primers favoritos?

lcrate5

Beijos

03
junho
2016

O que levo na minha bolsa – tosca – de trabalho

Postado por Ana em Coisas da Ana

Oiê! Vim passar a semana no Brasil, e pra não deixar o blog (muito) parado de novo, vou compartilhar o último vídeo aqui, que gravei aliás antes de viajar! :) Nele mostro a minha tosquíssima – mas amadíssima - bolsa de trabalho e o que tem dentro dela. Espero que gostem! Se gostarem dêem um like e se inscrevam lá no canal, pleeeease!

Beijoquinhas já com gosto de coxinha!

01
junho
2016

Testei e amei: Brow Magic da Eyeko

Postado por Ana em Maquiagem

Gente, lembram da Eyeko? Aquela marca que estourou em 2010 por causa de parceira com bloggers! Sim, naquela época em que pessoas inocentes como eu não sabiam que havia jabá escondido nesse mundo, haha! Eu tive algumas coisas da marca – esmaltes, sombras e aquela máscara de cílios “big eyes”. Depois eles deram uma reformulada nas embalagens (perdeu o toque meio mangá) e ficaram meio sumidos. Nos dias em Milão eu não comprei praticamente nada: só ímã de geladeira, canetas coloridas pra aula e esse produto do post – um preenchedor de sobrancelha chamado “Brow Magic“. Foi uma compra quase acidental mesmo.

eyekomain

eyekopincel

Passeava pela Rinascente, hipnotizada pela quantidade de coisa maravilhosa que tem lá e, de repente, vi um standezinho da Eyeko. Como eu nem lembrava que a marca existia, parei pra olhar. E, de cara, vi esse produto de preencher sobrancelha. Assim, eu já sou bem satisfeita com o lápis da Yes e tenho um estoque atual de 6 lápis aqui – mas o chato é que só acho no Brasil, né? Vi que esse da Eyeko tinha uma proposta diferente: uma coisa meio cheia de pelinhos. Tinham três cores disponíveis – light, medium, dark – e resolvi experimentar. Lembro que achei estranho, até pensei mesmo que o produto do testador estava vazio. Mas que nada, é assim mesmo. E você passa o pincel e acha que não vai colorir os sobrolhos, mas colore sim. E achei o tom “light” perfeito pra mim, e por isso levei APESAR do preço – é o tipo de produto que provavelmente não vou ficar comprando sempre, pois custou uns 35 euros e acho meio exagero pra esse tipo de coisa.

Mas enfim, o que dizer? Achei ótimo, sensacional mesmo, melhor que meu amado lápis da Yes. Tenho usado tanto que deu medo de esvaziar antes de eu fazer o post. Eu não sou muito parâmetro de sobrancelha no momento, já que a minha não vê pinça profissional desde fevereiro de 2015 ! Eu até fui pro Brasil algumas vezes depois disso, mas daí eu penso que não quero gastar tempo indo num salão nos cafundós em vez de fazer coisas mais legais, até porque depois de 3 semanas volta tudo … O ideal é mesmo achar alguém pra fazer por aqui. Até vi pelo Facebook uns nomes de brasileiras que fazem, mas visitando seus respectivos perfis no facebook não me deu confiança, if you know what I mean. Tipo em dentista banguela, vocês iriam?! :)

Enfim, por isso o antes e depois tá mais pra “uó” e “uó mais escura”. Mas para você, amiga, com formato bonito nas sobrancelhas, vai ficar maravilhoso.

eyeko3

Ah, em mim dura o dia todo, não mancha. Se você quer mais ou menos natural é igual com lápis, depende do tanto que você passa. Enfim, quem quiser investir, vale muito a pena. Ótimo! Imagino que outras marcas devam ter produto semelhante, mas ainda não experimentei outra – quem souber de algum assim BBB não se esqueça de compartilhar a dica!

lcrate5

Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...