31
janeiro
2015

Eu, Ana C. , a mendiga do supermercado

Postado por Ana em Alemanha

Eu moro em cima de um supermercado – o que significa que vou lá pelo menos uma vez ao dia e é tipo minha segunda casa. :) Como habituée do local, já notei várias cenas que se repetem:

- Quando esquenta um pouco, várias pessoas vão às compras descalças … e ninguém olha!
- Um senhor de cerca de 70 anos gosta de ir usando minissaia e saltão … e ninguém olha!
- Menininhas de 3 anos vão às compras sozinhas, maior fofura … e ninguém olha!
- Legiões de alemães usam blusas e calças furadas, super comum … e ninguém olha!

Que maravilha morar em um lugar assim, onde ninguém olha pra ninguém, cada um cuida da sua vida, né? QUASE. Pois um dia no verão passado resolvi ir comprar uma coisa rapidinho e faço como sempre faço - visto a primeira roupa que vejo pela frente e coloco uns óculos de mulher feia pra disfarçar as olheiras e pronto. Peguei uma daquelas blusinhas que ao avesso tem a estampa normal e você só vê que está do avesso quando olha a costura ou etiqueta, sabe? Por isso acabei colocando do avesso sem notar.

blusaNão estou com ela aqui para ilustrar, mas era essa

No caminho pra pegar a baguette, um senhor me alertou que a blusa estava do avesso. Agradeci e fui pegar presunto. De frente à geladeira do presunto, uma mulher me alertou sobre o avesso. Agradeci e fui ao caixa. Na fila fiz o máximo para esconder as costuras com meus braços para ninguém me avisar de novo. Daí uma velhinha que estava na fila atrás de mim me CUTUCOU e avisou toda tímida que minha blusa estava do avesso. Diz aí, @tinabeatles:

tinabeatles

Sem querer diminuir a boa intenção que todas essas pessoas tiveram (para me poupar de vergonha na rua), isso me deixou com a pulga atrás da orelha:

Teriam os alemães TOC de blusa do avesso ou sou eu que emano uma LUZ com glitter que faz com que eles prestem atenção em mim?

carebears

Quando eu descobrir conto aqui! :)

Beijos e bom final de semana!

29
janeiro
2015

Guia de estética BH – meus profissionais favoritos

Postado por Ana em Beleza

Quando eu venho para BH é uma verdadeira peregrinação pelos profissionais de beleza em que confio. Vantagens da terra-mãe, né? Mas sempre estou conhecendo gente nova também, por indicação de amigas, parentes. A idéia é que esse seja um post sempre dinâmico – se conhecer gente que amei, vai pra lista. :D Queria também que as meninas de BH participassem deixando os seus favoritos nos comentários (se puderem colocar último preço que pagou, contatos, ajuda mais ainda)! Alguns profissionais não frequento mas são indicações de ouro da minha irmã (ex: massagem) ou de amigas. Os preços não vou colocar porque sempre mudam, mas só clicar nos links, ligar e perguntar! Qualquer mudança (ex: de salão) que vocês perceberem, me avisem que eu mudo. Atenção: não me responsabilizo pelos serviços – vejam as páginas no facebook se gostam, tirem suas dúvidas no telefone, etc.

Sobrancelha
Atenção: eu não gosto de sobrancelha finiiiiinha e a minha é rala e cheia de falhas, muitoo difícil de fazer!

danielSobrancelha e make by Daniel

sobrancelhamariMinha sobrancelha by Mari

- Daniel AraújoD&P Araújo; Rua José dos Santos Roscoe, 74 Belvedere
- Cida Nogueira - Rua Carlos Gomes, 40. Sto Antonio
- MariMB Cabelos Av. Getúlio Vargas 1220, sl 21
- Elis, da Clínica Eveline BartelsAv. Bandeirantes 430, Mangabeiras

Depilação

- Cirlene, do Depyl Action da Avenida dos Bandeirantes, 1332 (dói menos que as outras)

Alisamento/Relaxamento de Ondas

- Salão Clip em frente ao Pátio Savassi – tem vários métodos modernos e sem formol.

Para cachos e cabelo afro

- Flávia Gomide , do Via Gomide – ela é pró-cabelo o mais natural possível; te convence a parar de alisar o cabelo e te ajuda a desfilar lindos cachos por aí. Avenida Terra, 274 – Santa Lúcia

Massagem redutora

- Ana da Clínica Divas na Av. Francisco Deslandes – Tel 97768661
- (atende no Salão Charme da Rua Maranhão ou vai em casa) – Tel 32275804

Luzes/Mechas

jaderLuzes “blend” + escova modelada do Jáder

- Nair do Salão Status- para luzes de touca. Espero que ela ainda esteja lá, há tempos não faço com touca. Rua Bernardo Guimarães 2460 (em frente ao Diamond Mall).
- Jáder Generoso do Camarim Hair Trend – recomendo para quando você não sabe direito o que quer, para deixá-lo criar algo que te transforme em numa diva loira. Não chegue com idéia muito específica do que quer. Rua Marília de Dirceu, 192 – Lourdes
- Sissi Ferreira, Shopping Paragem, Buritis
- Odyr Barreira – ainda não fiz luzes com ele (só make), mas já vi resultados lindos, suas luzes estão super disputadas!
- Roberto do Salão Fórmula- indicado pelo tricologista, coloca a saúde dos cabelos em primeiro lugar, portanto no geral deixa a cor mais natural. Rua Pernambuco 618

Maquiagem

makescidaNas duas fotos estava com sobrancelha, cabelo e maquiagem da Cida e as luzes de touca (finiiiinhas) da Nair.

- Daniel do D&P Araújo – não demora, toque de glamour
- Cida Nogueira – feita de forma bem calma e detalhada, no geral não dá aspecto carregado.
- Irene do LG Studio – maquiagem bem rápida, mas bonita. Rua Passatempo, 508
- Odyr Barreira – rápido, bonito e ótimo pra afinar o nariz :)

Penteado

- Célio Faria, Avenida do Contorno nº 7103
- Cida Nogueira, Rua Carlos Gomes 40, Sto Antonio
- Pollyane Araújo do D&P Araújo
- Cássia Perocco, do Peroccheria

Corte

- Jáder Generoso – é ótimo pra consertar c*g*adas que outros fizeram
- Ronan Pessim – se não gosta que repique na frente, TEM que falar pra ele!
- Lu do Tiff´s da Av Bandeirantes 1536
- Sissi Ferreira – Shopping Paragem, Buritis

Manicure/Pedicure

As boas, rápidas e que não tiram bife estão cada vez mais raras

garotadacapa Unha da Grazi

- Grazi, Salão Charme Tel 32275804 – Rua Maranhão, Funcionários
- Denise, Tel 32248095 - Av Silviano Brandão 1879
- Josi Santos – Tel (31) 92568228; Atende em domicílio na região centro-sul

Personal Trainer

hugopersonal

- Hugo Vilela ótimo custo/benefício! Atende na região hospitalar ou Pampulha.

É isso – a lista estará em constante atualização!

Beijos!

27
janeiro
2015

Pesquisa – ajude-me a melhorar o L&C

Postado por Ana em Coisas do blog

É isso aí – quero que o blog fique um espaço mais legal em 2015 e pretendo dedicar mais tempo a ele (#masnaoprometo). Para isso preciso de feedback, saber o que agrada/desagrada. Por mais que 70% do tráfego seja orgânico (vindo do google), a opinião que importa para mim é de quem já entrou aqui uma vez e depois voltou – “as leitoras” / “os leitores”. Se puderem dedicar uns 2 minutinhos do seu dia para me ajudar, agradeço demais!

Obrigada e beijinhos!

26
janeiro
2015

L&C Awards: SAG Awards 2015

Postado por Ana em L&C Awards

Essa é uma daquelas categorias vintage do blog, né? :) Lembro de quando eu tinha daquelas homepages estáticas e como que os blogs chegaram para acabar com esse modelo. Acho que em tempos de redes sociais-relâmpago os blogs estão meio que morrendo! Podem reparar que o pessoal tem se dedicado cada vez mais ao YouTube (trocadilhos à parte, probloggisticamente, esse é O canal) e ao Instagram. Em blogs, quando a gente posta algo já é old news. Ignorando essa tendência, voltei após anos porque ontem teve o SAG Awards (teve o Miss Universo também mas nem vi).

Olha – eu não amei nenhum não, viu? Mas o que achei mais digno tirando o da Kaley Cuoco (que é lindo pra vida real mas não pra red carpet) foi o da minha conterrânea Camila Alves. Pra quem não sabe, ela é esposa do Matthew McCoughdajehnbfawney! Aliás, com um pouquinho de sorte, quem é de BH pode dar uma esbarrada no mesmo andando descalço pelas ruas (será que ele sabe que nossas ruas são todas c*ag*das por cachorrinhos de madames mal educadas?).

matthew

De volta ao vestido: é do Donna Karan Atelier. Eu mudaria o tecido pra algo menos aveludado, mas no geral achei muito bom.

Momento What the Hell

lupitawtf

Não pude deixar de notar a babação coletiva em relação ao Elie Saab da Lupita. Juro que lia os elogios aguardando um BAZINGA ou um comentário irônico no final. Gente? Vocês estão enxergando bem? Estão precisando de um teste de cores? Dou desconto pra leitoras do blog. ;) Me digam quais números vocês vêem nas pranchas abaixo:

ishiharaana

Não vê nada? Xiiiiii….. :( :(

Brincadeiras à parte, achei horrível! E vocês?

p.s: esse post foi vintage por outro motivo também- não estou com meu computador, então tive que montar as fotos usando o PAINT. Que martírio…hahaha

ps do ps: *novo* siga meu blog com Bloglovin

Beijos e até o Oscar!

23
janeiro
2015

Entre suíços e carteiras

Postado por Ana em Diário de uma expatriada newbie

Estava com vários produtinhos para fazer post, mas daí vim meio que de forma não planejada para BH, sem câmera nem fotos, então nem tenho muito o que postar até a volta, a não ser meus “causos”. Passei o fim de ano em BH e depois fui a Porto de Galinhas com minha família. Foi, claro, super legal! Retornei pra minha casa e comecei a fazer uns projetinhos (é essa a palavra que pessoas à toa dão pras coisas né HAHAHAHAHA), além de resolver picuinhas. Gente,é tanta picuinha que vocês não acreditam. Uma das coisas que eu resolvi fazer por agora é tirar a carteira de motorista alemã. Eu quase me arrependo de não ter feito ano passado, mas sinceramente foi muito corrido e não sei como poderia ter tirado antes. Paciência. A nossa carteira brasileira só vale lá por 6 meses, então a minha já era. Ao transcrever, a gente não precisa começar o zero e o preço final fica metade do que seria. Mas temos que fazer as provas teórica e prática e outros detalhes mais.

Penelope Charmosa (1)

Eu na verdade mal dirijo por lá, pois moro muito central e, quando preciso de transporte, o bonde, a bicicleta e carona do marido servem bem. Só que ao começar o processo de busca por trabalho, concluí que preciso de uma carteira de motorista válida antes de sair mandando currículos por aí – pois tenho em mente não minha própria cidade, mas algumas ao redor, para as quais ir de trem seria algo entre inviável ou extremamente demorado. Tenho até uma pequena fantasia de trabalhar na Suíça (mas morando na Alemanha), que tem suas vantagens e desvantagens. Um empurrãozinho nesta idéia foi quando vi que eles valorizaram ainda mais o franco suíço frente ao euro na última semana – isso é até bom pro país da moeda desvalorizada, porque fomenta muito a economia, os produtos ficam muito competitivos para a venda. Por outro lado, acho meio chato pro cidadão comum, que vê seu dinheiro desvalorizado em outros países. Se a minha cidade já era invadida por suíços querendo torrar seus valiosos francos (pra eles a Alemanha é tipo um Outlet de Miami, rs), agora estão vindo caravanas lotadas, é suíço pra tudo quanto é lado, você vai andando na rua e ouvindo aquele sotaque maravilhoso (#sqn).

sehtest_01

Como eu não estava esperando viajar, consegui pelo menos resolver todas as burocracias de carteira em tempo recorde e deixar tudo pronto para eu já voltar e fazer a primeira prova (teórica). Vejo muitos brasileiros reclamando dessa prova, porque você tem que estudar algumas milhares de questões para então fazê-la (eles tiram 30 questões do banco). A minha opinião é que não importa se são 10 ou 3000 questões, você viu todas antes, não dá pra reclamar. Quem dera se as provas da minha vida tivessem sido todas assim. A prova prática já são outros quinhentos. Eu dirijo até bem, houve uma época em que eu pegava a “estrada da morte” (BR 381 BH-Monlevade) todo final de semana, fora o trânsito maluco de BH em que sempre me dei muito bem. Só tem um problema: eu passei a última década fugindo de baliza. Eu realmente tenho horror a baliza. A que fiz no dia da minha prova em BH (há mil anos) foi uma dádiva e eu acertei não sei como. Fora que na Alemanha tem muitas picuinhas e particularidades – sem conhecê-las, o risco de atropelar pedestres e ciclistas dentro da cidade é bem alto, e de bater o carro também. Exemplo: há sinais que ficam verde para você e para o pedestre ao mesmo tempo. Por isso sugere-se fazer pelo menos 4 aulas práticas antes da prova prática. A notícia boa é que, por motivos óbvios, me livrei do curso de primeiro socorros que os outros têm que fazer. A notícia ruim é que não me livrei de fazer um “exame de vista” numa ótica.. kkkkkkk quando eu falo que minha vida não é fácil!!! Meninas, na hora que a moçoila do “exame” me mostrou os símbolos de Landolt e começou a me explicar como que era o exame, me baixou um Chandler-interno e eu pensei em pelo menos 10 coisas sarcásticas que eu poderia dizer. Mas no fim, ouvi pacientemente as explicações só concordando com a cabeça sem qualquer observação. Story of my life.

Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Página 1 de 212