18
dezembro
2013

Ana das montanhas

Postado por Ana em Alemanha

Os dias por aqui estão bem gostosos. O céu tem ficado azul, sem chuva. O frio andou meio demais para o meu gosto (negativo), mas por agora está bem melhor. Ontem fez 23 graus no sol, dá pra acreditar? O bom dessa região é que, não importa a temperatura da cidade, você sobe para as montanhas (tem pelo menos 3 opções) e encontra neve durante 6 meses no ano. Com esse sol rachando eu me enchi de protetor solar, pois vocês sabem, sol + neve = combinação terrível, vem UV de todos os lados. Para foto também é difícil, fica estourando de todos os jeitos.

not1

Essa é a estação de Notschrei. Ainda tenho que comprar meu material de esqui. Na verdade eu sou muito medrosa para fazer o clássico esqui ladeira abaixo. Vou comprar coisas para fazer o Cross-Crountry Skiing (“Esqui de fundo”, “Langlauf Ski”), que é aquele que você vai se puxando morro acima, em frente, e um pouquinho morro abaixo se quiser. Dizem que trabalha todos os músculos. Tenho um ser humano miando de dor aqui após o esqui de ontem para comprovar. hehe Pagando 20 euros por ano tenho direito a esquiar nessa estação sempre que quiser, fica só a 15 minutos de carro daqui. Mas o material é caro, então vou olhar com calma ano que vem! Também vou fazer umas aulas porque sou negação total para coisas que envolvem equilíbrio.

not2

not3

not4

Bom, acho que agora eu volto a escrever só depois do natal (ou ano novo). Vocês podem me seguir no instagram @tinabeatles, tenho postado bastante para meus padrões! Bom, gostaria de deixar meus votos de bom final de ano. Muita saúde e felicidade em 2014! Obrigada por terem me acompanhado por mais um ano!

Beijinhos!

14
dezembro
2013

O olhar brasileiro

Postado por Ana em Alemanha

Misture um brasileiro a uma multidão em qualquer lugar do mundo e eu te direi quem é. Que sejam loiros, quase-albinos e sardentos. Que sejam travestidos sob casacões, coletes Jack Wolfskin, gorros, cachecóis – eu irei reconhecê-los. Claro que existe alguma falha nessa arte, mas no geral não tenho dificuldade alguma de identificar minha trupe. Eu digo isso para minha irmã desde que comecei a me aventurar mais pelo mundo. O brasileiro tem um jeito único de olhar. Não necessariamente de olhar para o outro, mas no próprio andar pela rua. Não sei explicar muito bem, mas nós olhamos mais “vivamente” e atentamente para as coisas. Os gringos têm um olhar perdido, mais inocente. Isso é tão certeiro que uma “brincadeira” que faço quando viajo é justamente apontar os brasileiros antes de elem abrirem a boca, viro e comento “ali, aquela pessoa é brasileira”. E pá, é certeiro.

porto

Mas bom, como boa brasileira que sou também não passo imune ao crivo. Tem um mercado aqui em Freiburg com uma barraquinha brasileira dentre tantas outras. É ótimo de pedir caipirinha lá. Fui lá esses dias, eu fiquei quieta na minha enquanto meu noivo pedia. Eu não abri a boca. Aí eu fui pagar e a mulher (brasileira) vira e fala “dezessete e trinta“. RHYSOS! Claro que não tenho cara de alemã, e passo total por brasileira mesmo. Mas estando eu em outro país e com um gringo a tiracolo, eu podia ser sei lá, peruana, colombiana, argentina, espanhola, portuguesa, ou ainda indiana por causa das olheiras. Ela sequer teve dúvidas e já me atirou o português… Hence: o olhar brasileiro!

Beijos!

12
dezembro
2013

Tangle Teezer – o que eu achei

Postado por Ana em Cabelo

A tangle teezer é uma escova de cabelo que virou sensação nos últimos tempos. Ela não tem cabo, é bem simples e como diz meu noivo “parece escova de pentear cavalo”. hahaha O grande diferencial dela seria o fato que ela desembaraça o cabelo sem quebrar tanto. Comprei pra ver se era verdade. Até porque ela nem é cara. Paguei 36 reais, sendo que quando olho na Araújo ou Carrefour qualquer escova grande da RICCA custa mais que isso. Aliás, a Ricca tem uma genérica da Tangle Teezer por metade do preço (resenha aqui), mas parece que é ruim.

tangle1

Eu não lembro mais nada de física. Mas acho que o fato de ela não ter cabo faz com que a força transmitida ao cabelo seja menor e/ou mais eficiente (momento? alavanca? arquimedes? alguém lembra? kkk). Enfim, mas se fosse só por isso, segurar qualquer escova fora do cabo ia ser igual. Mas não é só isso. Acho que as cerdas fazem a diferença também, apesar de não ser nada rebuscada.

tangle2

Eu gostei dessa escova. Sei disso porque me vejo a escolhendo diariamente, em vez das demais. No início fiquei na dúvida, porque achei bem pobrinha, o material bem pobrinho mesmo, achei meio gasturento de pentear porque as cerdas são mais próximas entre si do que costumava usar. Mas estou no lugar perfeito para testá-la. Sempre que uso cachecol meu cabelo fica com uma maçaroca horrível na nuca, dá vontade de chorar. Eu inclusive decido passar frio na maioria das vezes, de tanto trabalho que dá depois. E sabia que a Tangle Teezer tá me dando um alívio? Não faz CROOOOC CROOOOC parecendo que tá arrebentando tudo. Ela desembaraça de um jeito bem digno. Para mim a vantagem é essa, de não arrebentar. Não consegui perceber mudança no brilho, movimento, etc. Com o cabelo molhado ainda tenho dúvidas, acho que ela não penetra tão bem, e me dá vontade de usar outra. Fiquei curiosa para saber se quem tem volume gosta dessa escova, se ela “alcança” as profundezas do cabelo, hehe. Me contem!

tangle3

Ah! Ela fica lotaaaaada de cabelo muito fácil, porque o espaço entre as cerdas é pequeno. Fiquei um século limpando pra fotografar haha..

lcarateteezer

Que saudades me deu do Rex… Ele tinha uma escova parecida, só que vermelha! Nhoin.

Beijos

09
dezembro
2013

Um serum para salvar minha pele – Advanced Night Repair da Estée Lauder

Postado por Ana em Geral, Pele

Lembrem-se: se algo faz parte da rotina de beleza das orientais, dê um jeito de por na sua também, haha! Pra ser sincera faltava um serum nos meus cuidados noturnos, e há muito tempo eu sonhava com o Advanced Night repair da Estée Lauder! Serum é um concentrado para ser aplicado na pele antes do hidratante. Funções: complementar hidratação, dar viço, vida, clarear, suavizar manchas, reparar danos, combater rugas! É um MacGyver no pote!

estee1

Este serumAdvanced Night Repair“é tipo o produto mais clássico da Estée Lauder. Igual Guerlain tem météorites, Estée Lauder tem o serum. Então por que eu relutava a comprar? Simples. Medo de criar (mais um) hábito caro. Se ele é tão bom quanto as críticas dizem, pensava, essa chance é alta! O problema não é pagar uma pequena fortuna num potinho. É você gamar nele e ficar dando uma pequena fortuna regularmente pelo resto de sua vida (#drama).

estee2

Entrando para o time do serum

O estopim para eu experimentar o serum foi que minha pele começou a simplesmente entrar em processo de auto-destruição. De muito oleosa pingando óleo (no Brasil) ela passou a ser couro de crocodilo. Estou passando meu gel da Clinique umas 6x por dia, e a minha pele o suga imediatamente. E apesar disso estava queimando, ficando vermelha, começando a descascar … inclusive na testa e bochechas. Quando eu apoiava a mão na bochecha pra pensar na vida, ficava a marca vermelha da minha mão. Papel de pergaminho define, nada era o suficiente. Ao que parece, frio + tempo seco + aquecedor de ar + água quente não são um SPA para minha pele. Pensei em comprar um hidratante em creme (como o Dramatically Different LOTION da própria Clinique) mas fico com medo da minha pele pipocar toda, porque em algum lugar de suas entranhas ela SABE que é oleosa pra cacildis. Estou procurando algum da Nivea para testar então. Mas até lá complementar o cuidado com esse serum me pareceu uma boa opção. E foi mesmo!

Qualidades:

É quase inodoro (ALELUIAGRAÇASADEUS), muito leve, absorve na hora. Além disso ele cuida da pele, e a Estée Lauder jura que ele tá agindo na rebimboca da parafuseta do DNA e me deixando vinte anos mais jovem. Risos! For now, é um bom serum… está segurando a destruição da minha pele, e só depois dele ela ganhou viço e parou de descascar. O aplicador é ótimo, não te deixa desperdiçar produto! Mas vou inserir aqui um porém que aprendi da pior forma possível: quando você tira o dosador, o vidrinho tem boca aberta e larga, se ele tombar por algum motivo, byebye produto. O meu caiu aberto na pia e perdi METADE em um segundo. #preju. Acho que foi a tristeza-fútil mais triste de toda a minha vida, uns 100 reais ralo abaixo. SNIF! Se eu não tiver uma retinopatia serosa central depois dessa, não tenho nunca mais.

estee3

estee4

Se eu criei um hábito caro ou não, só o fim do potinho irá dizer. Mas algo me diz que vou abrir minha mente para outras marcas, o da L’oreal talvez? Fato é que algum serum será de vez incorporado à minha rotina. Ana novinha para sempre!!! hehehe

lcrate5

EDIT: abri minha mente para a L’Oréal e escrevi sobre o Youth Code aqui!
Beijo

06
dezembro
2013

L&C retrô: os melhores e piores de 2013

Postado por Ana em Coisas do blog

Incrível como o tempo passa cada vez mais rápido, aiai! Consequência disso é que a retrospectiva já virou tradição aqui no blog, já que é a terceira seguida! :) Bora lá então ver o que teve de HOT e de NOT nesse ano que passou! POR FAVOR, dêem suas opiniões nos quesitos também, é tão ruim falar sozinha, snif!

lcretro2013

Maior bafão de celeb:

lc3

Eu preciso anotar os bafões para não correr o risco de esquecer ao longo do ano, mas acho muito pouco provável algum ter sido maior que a *suposta* traição do Cauã Reymond e consequente separação da Grazi! Ui !

Maior baranga:

lc4

Gente, vocês viram o tanto que minha baranga favorita (a Geisy) sumiu esse ano? E agora, o que será que ela vai fazer da vida? Bom, esse ano o título vai pra mulher fruta que quis aparecer a todo custo com a festa de casamento. Todo mundo sabe quem é né? Mas tudo bem, nesse caso ser baranga é quase uma profissão. Fora o barraco que rolou nos bastidores, baixo nível total….

Melhor compra de beauté:

lcpot

Paint Pot da MAC “Painterly” como primer de sombra (postei aqui). Virou rotina e uso todo dia!

Pior compra de beauté:

lcdios

O condicionador do Spa Dios. Quanto mais eu usava, mais via o tanto que ele era ruim pro meu cabelo. Custei a aceitar, porque é “chique”, né? kkk Joguei fora quase inteirinho.

Melhor momento estético:

gym

Conseguir levar o #projetoanacavala meio a sério e ir à academia uns 11 meses com disciplina. Cortei a coca cola de vez e me alimentei melhor o ano todo. Só não me perguntem como estou agora nas férias, haha

Pior momento estético:

mira

Recente, cabelo preso no Miracurl… e por consequência, a decepção de saber que não tenho mais como conseguir fazer babyliss sozinha, já que desisti de comprá-lo.

Melhor compra fashion:

jeans

Gente, uma calça jeans que me vestiu bem, simples assim! Eu custo a achar uma calça que me sirva bem, quanto mais quando perdi peso e todas ficavam feias e caindo. Aí achei uma ótima na Zara. Esse segundo semestre só deu ela, minha calça jeans favorita! Pena que a única foto que tenho com ela é essa sentada.

Pior compra fashion:

fiofo2

Que irônico, foi uma calça creme da Zara, que explodiu! Lembram?

Post mais abandonado:

postaband

Qualquer um de saúde ocular; ninguém comenta, ninguém liga (musiquinha do Chaves em Acapulco).

Post mais badalado:

tv

O da “amamentação cruzada na novela das oito“. Não teve muitos comments, mas teve mais de mil likes

Melhor momento pessoal:

lc1

Quando achei um trouxa pra casar comigo fui pedida em casamento no carnaval! Vou desencaiáaaa!! Uhuuu!

Pior momento pessoal:

lc2

Em outubro, peguei 2 viroses em 3 semanas… eu não sei como isso aconteceu, mas foi isso mesmo, uó! Bom, mas ainda bem que pior momento deste ano foi apenas uma bobagem dessa …

Melhor viagem:

anahappy

Tiradentes. Foi muito bom voltar a uma cidade que eu amo tanto, com uma pessoa que eu amo tanto! Rs E nada melhor que registrar a viagem com um sorriso natural e não forçado né?

Pior viagem:

Ah, difícil né? Acho que foi o bate-volta de um dia pra SP pra fazer uma prova. Foi mega cansativo e chato, mas pelo menos passei na prova, hehe :)

Melhor moda:

floral

Calça floral! Há alguns anos era inimaginável usar tanta alegria cintura abaixo. E em 2013 foi a vez da estampa floral, tão feliz e feminina! Talvez volte a ser jeca, mas é uma pena, estava me sentindo muito bem de calça floral, inclusive comprei essa da foto.

Pior moda:

th

Calças de listras verticais. Combinadas com blazer igual, a la Beetle Juice ficava pior ainda. A calça deixa as proporções muito estranhas e fica todo mundo igual um pirulitão… E o pior é que a moda pegou mesmo, até na “vida real”. No início do ano era uma galera usando essas coisas. Agora que estamos no final, vocês concordam que é uma coisorrorosa? Devem concordar, porque eu nunca mais vi!

Acho que é isso! Fiquem a vontade para incluir “categorias” que eu não citei!!

Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Página 1 de 212