30
outubro
2013

Relacionamento à distância em 8 lições

Postado por Ana em Coisas da Ana

Resolvi escrever praticamente um post de auto-ajuda para quem está enfrentando (ou pensando em enfrentar) um relacionamento à distância. Eu digo “enfrentando“, porque não é pra qualquer um, tem que ter colhões. kkkk Comigo foram vários anos ininterruptos de relacionamento à distância, cada um de um lado do Atlântico. E os dois trabalhando integralmente, não-ricos, sem poder viajar “quando bem entendessem”. Em 2010 fiquei bastante tempo lá, mas fora isso conseguimos manter uma incrível média de nos vermos a cada 2,5 meses; Mas algumas poucas vezes foram 3 ou 4 meses sem nos ver. De pirar… Hoje me considero quase que uma “otoridade” no assunto.

cat

Essa é uma das minhas frases favoritas da vida: se você quer mesmo, há um jeito de conseguir, ainda que você ainda não saiba qual!!!

Primeiro, a outra pessoa precisa valer a pena. Possivelmente um dos maiores (ou maior) amores que você já sentiu. Se houver qualquer (eu digo qualquer) dúvida se é com ele que você quer ficar para sempre, se ele é uma boa pessoa, se ele é educado, se ele te trata bem, se ele é tudibom, desista. Vá ter dúvidas em relação a alguém que está perto, é mais prático. Verdade nua e crua.

umbr

Segundo, você precisa confiar. É clichê mas é verdade. Se for pra trair, vai ser debaixo do seu nariz, não duvide disso. Relacionamento à distância não funciona se uma das partes for emocionalmente insegura ou ciumenta. Você quer ser feliz com ou sem ele. Você quer que ele seja feliz com ou sem você, está preparada? Nada de implicar com o fato de o outro ter uma vida social sem você (aliás, isso é pra qualquer relacionamento, néam?)

trust3

Terceiro, você tem que saber que vai lidar com terríveis (terríveis!) momentos de separação. Quanto menos você sabe o que será do futuro, piores eles são. Tá que tem o bônus dos reencontros, que são indescritíveis. Mas já adianto que a sensação de falar tchau no aeroporto é de quase-morte.

airport

Quarto, você vai gastar dinheiro, e precisará abrir mão de outras coisas. Quanto mais longe, mais dispendioso.

money

Quinto, pode soar paradoxal, mas você não deve jamais viver apenas para o futuro. Isso vale pra relacionamento e qualquer coisa nesta vida. A gente nem sabe se o futuro vai existir… então não deixe para “ser feliz” quando vocês estiverem juntos “para sempre”. A hora de ser feliz é agora, com seus amigos, família e nos seus momentos juntos, ao vivo ou não. Se, por acaso não der certo, você não vai sentir que desperdiçou nada; toda experiência é válida.

carpe

Sexto: se vocês não são daquelas pessoas que gostam de conversar, e ficam 100% do tempo se pegando, não vai dar certo. Aliás, provavelmente em algum momento vai falir, mesmo se não for à distância. Uma hora a bunda cai e outras coisas também… HAHAHA Eu sou maritaca e pra mim conversar é fundamental, então skype rules e foi parte fundamental do relacionamento. Nunca ficamos uma dia sequer sem nos falar…

telf

Sétimo, ter paciência e planejamento. Digo isso em relação a uma possível mudança de cidade, nova língua, novo emprego, etc. Cabeça aberta para novidades! Se você valoriza muito sua vida profissional,prepare-se muito bem, para não ter que abrir mão dela e abrir espaço para um futuro ressentimento. Façam planos juntos, e lembre-se: eventualmente vocês terão que acordar em um futuro em comum, afinal, não há como o relacionamento ser à distância para sempre.

patie

Oitavo ítem: aceite que você não pode ter tudo. Pergunta para a Gisele Bündchen se ela tem tudo o que ela quer 100% do tempo e provavelmente ela vai dizer que não. Essa eu diria que é para a vida em geralNão há como ter tudo nesta vida e no dia que você aceita isso tudo fica mais fácil; as decisões que tomamos sempre sacrificam alguma coisa. E, pasme, talvez os maiores acontecimentos da sua vida vão ser “decididos” pelo destino, pelo acaso, pela sorte ou azar, por Deus ou seja lá quem for e não há nada que você poderia fazer para mudá-los. Então por que não seguir seu coração for a change? Ser a melhor profissional do mundo, rica, linda, a melhor mãe e esposa do mundo, ter a melhor casa do mundo, ter a melhor saúde do mundo, todo o intelecto que você sempre sonhou, todo mundo que você ama por perto, sorriso transorelha toda hora, tudo perfeito ao mesmo tempo? Possivelmente você não vai ter tudo, e está bem assim! Aceite isso, seja mais light com você e as coisas irão dando certo!

itsok

Bom, é isso, não sou nenhuma guru, mas foram ítens essenciais para a minha história dar certo… Se eu consegui injetar um pouquinho de ânimo em quem está passando por uma barra no sentido, então o post foi válido. Ah, não se esqueçam de dividir suas histórias para inspirarmos mais leitoras.

Beijos!

26
outubro
2013

O sabonete que não acaba

Postado por Ana em Pele

Que post esquisito, né? Mas tinha que dividir esse fato curioso aqui. Eu costumo ter dois sabonetes para o rosto: um líquido/gel para usar no banho (assim que acordo) e outro para usar antes de dormir. O sabonete que atualmente uso antes de dormir é o Facial Soap with Dish, que é um em barra da Clinique (aliás, comprei por engano achando que era líquido).

cliniquesoap

Eu o comprei em abril de 2012 no Free-Shop aqui de Confins (uns 13 dólares). O fato curioso é que eu o uso todo santo dia há 18 meses. Exceto quando viajo (não foram tantas vezes assim) que não levo, então não uso. Mas olhem só o tamanho que o sabonete ainda está:

cliniquesoap2

Doido, né? Estou ficando com aflição já, então nos últimos meses eu o rodo vigorosamente na mão, fazendo bastante espuma para gastar mais. Ele é bem duro, sabe? Mas o bicho não diminui de tamanho. O “pior” é que ele deu super certo para minha pele (oleosa), deixa bem limpa e sequinha. E a caixinha dele é ótima também! Curioso, né, um sabonete vitalício…. kkkkk

Vou comprar um pra Alemanha também, aí é bom que só preciso comprar o próximo perto de aposentar, hehehehe. Te falar que eu substituo tudo o que posso pela Nivea, para evitar gastos desnecessários, mas a Clinique tem muitas coisas insubstituíveis… Bom, tô brincando que ele não acaba nunca, óbvio, ou talvez eu esteja usando de forma pão-dura sem perceber. Mas que é um sabonete super econômico, pode apostar! Alguém aí tem esse? Está durando muito também?

Ps: o meu ou é o Mild ou Oily Skin Formula, não lembro e não tem escrito… :(

Beijos!

22
outubro
2013

Lembrança de um caderno sensual

Postado por Ana em Coisas da Ana

Engraçado como minha infância fervilha a toda hora na minha cabeça. Primeiro, por eu ser saudosista mesmo. E depois que minha memória para fatos da vida é sensacional. Eu me pego contando pras minhas amigas ou irmã algo que aconteceu com elas em, sei lá, 1993 e que elas não têm idéia. Pois bem, estava dando risadas sozinha aqui ao lembrar dos meus cadernos nos anos 90.

cadernoarosio

Acreditem, esse foi o caderno que eu mais tive na vida. A mulher (Ana Paula Arósio, aliás) com decotão fazendo caras e bocas, hahahha Quem comprava meu material escolar era meu pai, e ele é tipo a pessoa mais inocente do planeta. Ia e comprava os primeiros que via. Eu, criança mega inocente também. Eis que um dia eu volto do recreio tem um grupo de meninos amontoados na minha carteira. Quando fui ver eles tavam admirando a capa, invejando meu caderno. kkkk

tili2

Tinha outro de mulher sexy que eu tinha, mas não achei a foto!

São tantas memórias... hehehe

Beijos!

20
outubro
2013

Waffles de domingo

Postado por Ana em Ana de Casa

Meu café da manhã é sempre a mesma coisa, granola e leite de soja. Acho relativamente saudável, e prático na correria . Mas convenhamos que é algo já automático, não sinto prazer nem desprazer nenhum… hehehe Por isso de vez em quando eu como algo diferente aos domigos: ou o bom e velho pão com manteiga ou waffles.

waf1

Fazer waffles é muito simples, desde que você tenha uma máquina de waffles. A minha é essa básica da Britania.

Já tem muito tempo que eu uso examente essa receita, se não me engano é da Ana Maria Braga. Te falar que fiz muitos waffles borrachudos até chegar nela, rs!! Aprendi com o Jamie Oliver que, independente da receita que você use, bater as claras em neve é essencial. Outra coisa que faço é deixar o aparelho na temperatura máxima, pra ficar mais durinho/escuro e não demorar muito.

wafclara

Ingredientes:

175 g de farinha de trigo
2 colheres de chá de fermento em pó
meia colher de chá de sal
2 colheres de chá de açúcar
2 ovos (separar claras das gemas)
225 ml de leite
85 g de manteiga derretida

Modo de preparo:

Bata as gemas, o leite e a manteiga em uma tigela. Em outra, peneire a farinha, o fermento e o sal e então junte o açúcar. Misture tudo bem! Bata as claras em neve e coloque-as na massa. Misture bem.
Encha aproximadamente uma concha e coloque na máquina de waffles (varia conforme o tamanho). Siga as instruções do seu aparelho, mas o ideal é que abra pra dar uma olhadinha depois que endureceu um pouco.

wafmaq

Como servir

Só waffle puro acho sem graça demais. Mas é bom porque dá pra servir com muitas coisas. Eu, do time dos salgados, gosto mais com manteiga ou requeijão! Pra turma do doce, fica uma delícia com nutella, geléia, sorvete de creme, mel e frutinhas.

waf2

As blueberries (mirtilo) estão muito na moda por serem frutinhas saudáveis. Elas combinam super com waffle + iogurte grego + mel… e a gente se sente na fazendinha do Smurf! Aqui em BH acho no Martplus, congelado, mas é bem caro. Sinceramente, prefiro morango! ;)

Existem waffles prontos da Forno de Minas , mas nunca experimentei. Acho que vale a pena se você estiver com preguiça de lavar a louça, porque a receita é tão simples… :)

waflast

Ficaram com vontade? É uma delícia, mas sabia que eu ainda prefiro um bom pão com manteiga (“gramurosa” eu, né)? XD

Beijos!

10
outubro
2013

O que usar em casamento de dia?

Postado por Ana em Moda

É só comigo ou de repente os casamentos começaram a acontecer mais cedo? Sério mesmo, casamento à noite pra mim está sendo uma raridade. Aí tenho visto minhas amigas sempre ficando com dúvidas do que usar neles, ficando inseguras mesmo! Mas a verdade é que a maior regra é que não há regra. Acho que hoje em dia há uma liberdade muito grande para se vestir, o que importa é você está se sentindo confortável mesmo, não ficar achando que não se aprontou de acordo, que tá chique demais ou de menos.

pastel

Pode usar o que quiser, mas tem que “segurar” a roupa, sabe? Se você se sente um peixe fora d’água com facilidade, então nesses casos é bom sim levar em conta algumas coisas: não abusar tanto em brilho, bordados, paetês, principalmente se for vestido longo… não é obrigatório usar curto, mas como eu adoro vestido curto, aproveito! Existem muitos longos também que são super apropriados pra casamento diurno, geralmente quando têm cores e estampas mais alegres, um tecido mais leve… Uma coisa que acho que combina demais também é qualquer tipo de floral. Aliás, tô numa onda floral … pena que é uma estampa que engorda, principalmente em calça.

curto2

flor

Eu queria ter fotografado esse look, mas infelizmente não tenho quem ajude com as fotos e estava atrasada! Por isso coloquei uma foto melhorzinha do vestido (que achei no site da marca). É um vestidinho bem adequado pro dia, mas que também fica elegante à noite, tem até uns bordados. Ele tem tudo que eu gosto: é romântico, curto mas nem tanto, floral, tomara-que-caia, marca cintura, confortável … A marca nunca tinha ouvido falar, chama Frutacor! Usei com um scarpin nude e uma clutch nude-rosada!

Em relação à maquiagem, eu não ligo de usar mais pesada não. Não gosto que o olho esteja muito escuro, mas uma pele bem feita, blush e até mesmo postiços acho que fica super bem, mesmo de dia!

E vocês, o que têm usado nos casamentos de dia?

Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Página 1 de 212