31
março
2011

Os p.i.o.r.e.s da M.A.C

Postado por Ana em Maquiagem

É claro que nenhuma marca é unânime, nem para mais, nem para menos! Provas disso são algumas decepções que tive com a M.A.C, que é de longe minha marca de make favorita ! Eu nem sou a rainha das maquiagens, longe disso. Mas da M.A.C tenho coisa pra caramba, então posso dar minha opinião do que com certeza achei ruim. Como só tenho dois ítens nesta lista, me contem também se tem algo que vocês não gostam.

O primeiro é esse batom da coleção Dazzle Lipstick, que tenho há mais de um ano. A cor se chama Sweet Bits. Eu comprei às cegas (sem indicação) porque abri o mostruário, passei na mão e achei bonito. Depois fui ver que é impossível de usar! Nem é porque é brilhoso – hello, eu amo brilho ! Ele simplesmente não colore os lábios direito, sai deixando uns brilhos de forma irregular, parece que você sujou a boca com brilho. Googlei para ver se não era alguma pegadinha, mas não descobri muito a respeito do batom. Pensei então que ele seria feito para usar sobre outro batom, mas ficou pior ainda, já que ele sai arrastando o batom que está por baixo e faz a melhor meleca. Nota zero e troféu cocô pra ele !

O outro foi uma aquisição recente, um pincel para aplicar batom retrátil (318). Até contei aqui na época que o tinha achado duro demais. Agora falo com certeza: “duro demais” é eufemismo. Sabe na época de Natal que a gente fica quebrando nozes ? Pois é, pode usar o pincel sem medo. Ele é terrível, como chamam isso de pincel? Ele deixa uma linha na boca porque em vez de aplicar o batom ele o remove. Remove também tudo o que estiver pela frente: epitélio da boca, etc (tá, exagerei hehe).

Bom, estes são os únicos produtos da M.A.C que eu detesto ! Alguém gosta deles?

Beijos com muitos brilhos heterogeneamente distribuídos!

28
março
2011

Batons nude: o mundo não está preparado.

Postado por Ana em Crônicas cosméticas, Maquiagem

Eu bem que tentei entrar na onda do batom nude. Comprei dois: o Blankety da M.A.C e o Marquise da coleção Wonder Woman da M.A.C. Assim, na verdade, se vai ficar nude ou não depende muito do tom da sua boca. No meu caso, que tenho boca de cachorro arroxeada, eles apagam a cor dos lábios e os deixam bem nude.

Eu acho lindo, sei que muitas de vocês também. Gosto de trabalhar meu olho com sombras e então dar uma apagada na boca… Só que toda vez que tentei sair de casa com algum deles, alguém me parou dizendo: nossa, você está com cara de morta. No trabalho a reação não é diferente…

Conclusão: o mundo fora das passarelas, revistas e blogs de beleza não está assim tão preparado para batons nude. Claro que depende de como é o seu mundo né ! :laugh: O meu, por exemplo, recebe o Ruby Woo (que amo) a gargalhadas histéricas.

Também é assim com vocês?

Beijos com boca-de-defunto!

27
março
2011

Bonitinha sim, bonitinho não

Postado por Ana em Olhos, Saúde

A minha vida inteira eu chamei de terçol, alguns pacientes me ensinaram que se chama “bonitinho“. Já os livros preferem chamar de “hordéolo externo”. Como você chama não faz diferença, mas é fato que o hordéolo/terçol/bonitinho é uma pedrinha no sapato de muita gente.

Nós temos glândulas que produzem “sebo” que estão associadas aos cílios nas pálpebras. Às vezes elas “entopem”, gerando inflamação ao seu redor e aí algumas bactérias fazem a festa. Surge aquela bolotinha vermelha e feiosa que dói e só melhora quando drena o pus. A “bolotinha” é um pequeno abscesso de um folículo piloso e recebe o nome de hordéolo externo. É por isso que o melhor tratamento é simplesmente fazer compressas mornas. As pessoas não gostam de ouvir isso, porque querem um medicamento mágico, né? rsrsrs Jamais esprema um hordéolo, tampouco o fure. Furar um hordéolo é conduta de exceção, e deve ser somente feito e indicado por oftalmologistas. Uma propagação de microorganismos a partir desta área pode levar a quadros encefálicos gravíssimos. E o que era um probleminha vira um problemão!

O chato é que, pelo fato de algumas pessoas apresentarem maior produção oleosa nesta área, o hordéolo tende a ser recorrente. Para diminuir as recidivas, duas coisas são importantes:

A primeira dica é para todas: jamais dormir com maquiagem nos olhos. E olha que tirar rímel não é fácil não, viu? Na maioria das vezes parece que tiramos tudo, mas no banho do dia seguinte é que você vê que ainda tinha. Então, attention ! O resto de maquiagem ajuda a entupir a saída das glândulas e pode facilitar uma inflamação.

A outra dica é para quem já sofre com o “bonitinho”: Lavar as pálpebras todo dia, de preferência ao dormir e ao acordar. Isso deve ser feito com xampu de bebê diluído. Sim, porque se você não diluir e cair muito no olho ele arde sim, haha.. Dilui-se uma parte de xampu para três partes de água.

Se você já foi diagnosticada com hordéolo recorrente, aproveite essas dicas. Senão, não tente adivinhar diagnóstico em olho, pelamor, vá ao médico.


Beijocas!

26
março
2011

Rímel para cílios inferiores

Postado por Ana em Maquiagem

Tem gente que não gosta, mas eu acho fofo demais aquele efeito “Emília” nos cílios ! :) Apesar disso, só uso rímel nos cílios inferiores bem de vez em quando, porque dá um trabalho danado para não manchar… :(

Sabiam que a Clinique lançou há alguns meses uma máscara especial para usar nos cílios inferiores? Pena que eu não sabia antes, pois ainda não tem no Brasil e estou doida para experimentar!! É a Clinique Bottom Lash Mascara , ó:

Os cílios inferiores são bem mais curtos e perto “da pele”, daí a maior dificuldade na aplicação das máscaras. Após algum tempo, até o Colossal (meu rímel favorito) borra. :( Na verdade, o que muda no rímel para cílios inferiores é o aplicador, que é menorzinho. Algo me diz que, talvez, o Phenomen’ Eyes da Givenchy também funcione, já que ele tem aquele aplicador “porco espinho”. Quem tiver um, testa aí e me fala? :laugh:

Às vezes eu consigo bons resultados usando o Virtuôse da Lancôme (tomando cuidado de tirar bem o excesso e de colocar um lencinho entre os cílios e a pele). Apesar de falarem para usar o aplicador na vertical, pra mim fica pior ainda, porque naquele topo sempre ficam umas pelotinhas de rímel, por mais que se tire o excesso, sabe como é? Então, prefiro usar na horizontal, pararelamente aos cílios, bem de leve…

Só que na maioria das vezes falha, fica meio estranho e empelotado, ó:

Por isso queria experimentar o bottom lash, pra ver qual é !

E vocês, também têm vontade ou acham o cúmulo da frescura?

Beijo

22
março
2011

Nfu-ohhhh que porcaria!

Postado por Ana em Unha

Estava querendo escrever isso desde o ano passado, que foi quando comprei os famosos esmaltes holográficos coreanos Nfu-Oh (comprei o 61 e 62)! É mais para fazer um alerta do que para falar mal… apesar do título…:laugh: Esse esmalte tem o uso um pouco diferente: não é para passar base normal antes nem pode passar top coat (tira muito o efeito holográfico). Todas as vezes que tentei usar os queridos foi a mesma coisa: esmalte descascado horas após a aplicação: com duas ou três camadas, tomando todo o cuidado para limpar as “pontinhas de esmalte”. Tentei com e sem base antes. Não dá, inutilizável, fica destruído muito rápido. Eu pintei ontem à noite, e olha como já está hoje.

ERRATA : a data é 22/03 (hoje) e não 22/01 hehe

Para quem ama os Nfu-Oh existe uma luz no fim do túnel, que é comprar a aqua base própria para o esmalte. Vende no Fabuloustreet e eu não tenho, mas é provável que funcione. Por que não teria sentido eles criarem um esmalte tão lindo mas tão auto-destrutível, né?

Fica a dica! Não vale a pena comprar sem a base própria… Melhor investir nos holo da China Glaze, meus favoritos ! :)

EDIT MENDIGO: Meninas, se cadastrem no site do Divas clicando aqui!! Aí eu concorro a uma bolsa PS11 (liiiiiinda) !! Vejam como concorrer também aqui !!

Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Página 1 de 212