24
outubro
2010

Trouxa, muito trouxa.

Postado por Ana em Crônicas cosméticas

Essas duas frases acima eram as favoritas do meu vô haha Eu sempre lembro delas quando vejo que cometi uma burrada em compras. Às vezes a burrada nem foi em um passado tão distante assim: aquele colar vagabundo pelo qual você pagou uma fortuna, aquela blusa “de marca” que dissolveu na primeira lavagem e por aí vai …

Eu não acho que ser trouxa é pagar caro, tampouco acho que pagar fortunas por uma marca é coisa de trouxa. Se a pessoa tem dinheiro honesto, ela gasta como quiser, e às vezes uma super marca oferece qualidade superior, mimos e o tal do status que o ser humano taaaaanto gosta. Para mim, ser trouxa é pagar mais do que algo vale, em todos os sentidos. Às vezes escolhi ser trouxa conscientemente, como quando sabia estar pagando bem mais caro em algo porque queria tê-lo rápido (vide tweezerman), mas fico p*** mesmo é quando sou trouxa e só descubro depois! haha

Então a idéia do post é a seguinte: eu conto uma vez que fui mega trouxa e vocês contribuem com suas histórias, ok? :)

Sabe aqueles hidratantes mega-cheirosos da Victoria’s Secret que continuam um sucesso até hoje? A primeira vez que tive contato com eles foi em 2004, através da minha irmã, que tinha comprado de fulana que tinha ido aos EUA. Eu já tinha ouvido falar inúmeras vezes na marca, por causa dos episódios de Friends :D . Eu tinha a impressão que era marca chique, afinal, bem pronunciado fica uma coisa muito fina. kkkk Na época eu me apaixonei por um rosa e pelo de baunilha. Achava o cheiro magnífico (hoje em dia enjoei). A tal menina tinha voltado cheia desses hidratantes-novidade e estava vendendo por mais de 100 reais a unidade. A bobona aqui, que na época vivia de estudar, se faliu toda e comprou. hahaha

Os anos se passaram e descobri que Victoria’s Secret é a Marisa americana!! Claro, com as devidas proporções, pois é bem mais conhecida: tem os famosos desfiles, as Angels, mas oferece produtos de preço acessível pra classe média americana. E por mais que Marisa seja uma ótima loja (tirando a parte da escravidão), não dá pra falar que é chique/de grife, né (seja lá o que isso signifique)? Mas onde já se viu pagar mais de uma centena de reais em um hidratante da Marisa americana? Eu quase morri de dor ao descobrir que os potes custavam uns 9 dólares nos EUA. hahaha

Fim ! Agora contem as suas que quero rir (?) um pouco….

Beijos roubados!

22
outubro
2010

E como tirar o glitter das unhas?

Postado por Ana em Unha

Pois então, lembram da minha alegria com meu esmalte da Deborah Lippman semana passada? Durou pouco, amigas hehehe Apesar de eu ter amado, a resistência foi grande ao meu redor: falaram que estava com mão de bruxa, visual poluído, mão de pré-escolar (amei essa hihi) e tudo mais que vocês possam imaginar hahaha Estou cercada pelo pessoal da “extrema direita cosmética”, sabe como é ? ;) Bom, mas vocês não imaginam o martírio que foi pra TIRAR o esmalte. Imagina que eu esfreguei, esfreguei, esfreguei e…

… continuou assim ! hahaha O esmalte até que saiu rápido, mas o glitter, nossa !! Fiquei bolando teorias mirabolantes de como retirá-lo: mão na água quente, fervendo, óleo de cozinha? Aí tive a brilhante idéia de olhar no google, já que alguém possivelmente já tinha enfrentado este problema. Achei uma dica bem legal neste site . Basicamente é : colocar pedacinhos de algodão com removedor em cada unha e enrolar em pedacinhos de papel alumínio (para segurar o algodão).

Você deixa agir por 5 minutos e tira apertando contra a unha. Ficou assim:

Bom que dá pra vocês verem minha unha “nua e crua”, amarelada de tanto Mavala… =D Ainda assim, acho que 10 minutos para tirar esmalte (só consigo empacotar uma mão de cada vez) é para momentos mais inspiradores. Só passo o Bad Romance de novo quando estiver com muuuuita paciência.

Se tiverem uma dica melhor, deixem aí !!

Beijos

18
outubro
2010

Rastreando o câncer de mama: auto-exame e mais!

Postado por Ana em Corpo

Vocês sabiam que o câncer de mama ainda é o que mais mata mulheres no Brasil? Apesar de algumas estarem mais suscetíveis, infelizmente nenhuma mulher está livre do risco. O câncer de mama, se diagnosticado no início, pode ter cura !

Quanto mais tarde for feito o diagnóstico, maiores são as chances de seqüelas e de perder a vida. Por isso é importante conhecer quais são os nossos direitos e deveres para facilitar o diagnóstico precoce. Vamos lá? Clique AQUI para continuar lendo

15
outubro
2010

Esmaltoteca: Bad Romance, Deborah Lippmann

Postado por Ana em Unha

Você acharam que eu tinha desistido, né? haha… Não adianta, eu estava curiosa demais para desistir. Originalmente, eu queria experimentar o Ruby Red Slippers, mas já que não achei, escolhi o próximo favorito. Gente, eu ameeeei ! Sei que as pessoas que convivem comigo vão achar “uó”, mas paciência, tô apaixonada pelo brilho. haha Para passar é fácil, o difícil é limpar o glitter (remoção é mais mecânica do que pela acetona).

Cor: fundo preto, muuuuito glitter roxo
Durabilidade: não aguentei esperar para postar, então depois atualizo aqui.
Detalhes: na minha opinião, top coat é obrigatório, tanto para “segurar” o glitter por mais tempo, quanto pra deixar a textura lisa.
Compra: eu comprei o meu aqui. :)
Dica extra: se preocupe em limpar o esmalte dos cantinhos. Espere secar bem e depois remova os glitters na torneira de água fria, com ajuda de uma esponjinha suave.

P.S: Esse esmalte fica listado junto com os outros que já postei na categoria esmaltoteca!

Beijos com muuuuuuito glitter

13
outubro
2010

Novo pincel favorito (praticando o desapego)

Postado por Ana em Maquiagem

Vocês lembram daquele post que escrevi há vários meses, falando que meu pincel de blush favorito estava morrendo? Pois então, já que havia boatos que ele seria da L’Oréal, vasculhei todas as barraquinhas da L’Oréal que vi pela frente. Realmente, não consegui achar mais. Mas a notícia boa é que finalmente achei um substituto à altura, que aliás parece pincel de barbear. :D

Clique AQUI para ler mais!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Página 1 de 212